Estamos de volta.

Isso aí.

Publicado em Sem categoria | 1 Comentário

Nova dos Strokes – "Under Cover of Darkness"

The Strokes – Under Cover of Darkness

É, galera, os salvadores do rock estão de volta. Depois de um tempo considerável na onda de “blá”, “por onde anda” e “O terceiro disco não é tão ruim assim!” que o “First Impressions of Earth” acabou gerando, Julian Casablancas e companhia voltam por cima. E a faixa, se for qualquer indicação do que vai vir em março, com o lançamento de “Angles”, é o início do maior azarão musical do ano. Depois de demorar tanto pra ser lançado, “Strokes IV”, na época em que o disco nem tinha nome, tinha deixado um gostinho contratual na boca de alguns (inclusive a minha).

Pois bem, os Strokes não acabaram e “Under Cover of Darkness” é uma das pistas que fazem com que a volta deles seja digna de alguma esperança. A produção, aqui, é parecida com a de “First Impressions…”, mas a qualidade é o tipo de coisa que se ouviu em “Room on Fire” e “Is This It”. Ou seja: dinâmica de guitarras um pouco mais complicada + aquela velha melodia assobiável. Mais dramático, Julian canta um refrão sofrido, com espaço até prum solo delicioso do Albert Hammond Jr.

Só digo mais uma coisa: se o meu andor vai com cuidado, não é só porque o santo pode ser de barro. A verdade é que essa faixa, até segundo aviso, é boa demais pra ser verdade.

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Nova do Dorgas – "Loxhanxha"

Quando falamos do grupo carioca Dorgas ano passado, o guitarrista e vocalista Gabriel Guerra mencionou que a banda voltaria a entrar em estúdio em 2010 para gravar uma nova música chamada “Loxhanxha”. O single da tal faixa foi lançado hoje no bandcamp da banda, acompanhado do b-side “Dito Antes”.

http://bandcamp.com/EmbeddedPlayer/album=2424400731/size=venti/bgcol=FFFFFF/linkcol=bb4250//

Se você acompanhou nossas listas de fim de ano, sabe que a banda fez duas das 50 melhores músicas brasileiras do ano passado, o que provavelmente quer dizer alguma coisa, considerando que naquela época eles só tinham 3 músicas (agora são 5). A boa notícia é que tanto “Loxhanxha” quanto “Dito Antes” não se parecem muito com as faixas do EP, sem necessariamente soar muito distantes dele. Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | 2 Comentários

Nova do Bibio – "Excuses"

Talvez uma das melhores coisas no cast da Warp Records hoje é o produtor inglês Bibio, que lança novo disco no fim de março. Depois de alguns álbuns pouco ouvidos em gravadoras menores, Stephen Wilkinson (nome real do produtor) lançou em 2009 pela mítica gravadora inglesa o álbum “Ambivalence Avenue”, que mostrou sua música – e delícias como a faixa-título e a suingada “Jealous Of Roses – para uma audiência bem maior.

Seu novo álbum, “Mind Bokeh”, será lançado dia 29 no mês que vem, mas já dá para sentir o bom caminho que ele parece ter seguido nesse mix com pedaços de todas as faixas do álbum (reparem num hit à la Phoenix aos 50 segundos do vídeo, logo mais na balada indie mais próxima) e no vídeo do single “Excuses”:

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Nova do The Dodos – "Black Night"

O duo americano de folk The Dodos está para lançar seu quarto disco “No Color” no próximo mês e revelou hoje o primeiro single do álbum, “Black Night”.

Se você chegou a ouvir os dois últimos álbum da banda, provavelmente percebeu que “Black Night” se parece bem mais com a secura de “Visiter” (2008) do que com os bons (e subestimados) arranjos de “Time To Die” (2009), o que dever devido a saída de Keaton Snyder, vibrafonista da banda. A saída de Keaton deve ser compensada pelos vocais da diva indie-country Neko Case, que participa de várias faixas de “No Color”.

Publicado em Sem categoria | 1 Comentário

Novo vídeo do James Blake – "The Wilhelm Scream"

A maioria dos artistas passa carreiras sem fazer o que James Blake fez em 2010, – 3 EPs e 2 singles, todos incríveis – mas o garoto inglês não parece nem um pouco disposto a descansar sobre suas glórias. James solta na semana que vem seu primeiro álbum cheio (que você provavelmente já ouviu), cujo segundo single, “The Wilhelm Scream” (talvez a melhor faixa do disco também) ganhou um belo vídeo hoje.

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Nova do Toro Y Moi – "New Beat"

Chaz Bundik fez um bom debut ano passado sob o nome de Toro Y Moi, que o levou a lugares improváveis, como a nossa lista de final de ano, o VMB (o VMB!!) e até o “cast” do Vigilante, selo Vigilante da Deck.

Para suceder tudo isso em grande estilo, Chaz lança ainda esse mês o segundo disco do Toro Y Moi, “Underneath The Pine” (a capa, linda, está ao lado), do qual já se pode ouvir “Still Sound” e seu simpático clipe, e a deliciosa e recém-lançada “New Beat”.

O nome “nova batida” é uma boa descrição para faixa, que tira o Toro Y Moi daquele pop eletrônico levemente pastoral e oitentista e joga direto na pista de dança, funky-disco style. A outra faixa divulgada do disco já tinha um groove incrível, mas esse, amigo, é coisa séria. Ouve só:

http://player.soundcloud.com/player.swf?url=http%3A%2F%2Fapi.soundcloud.com%2Ftracks%2F9888963&Toro Y Moi “New Beat” by carparkrecords

“Underneath The Pine” chega dia 22 de fevereiro pela Carpak Records nos EUA e no mesmo dia no Brasil, pelo Vigilante.

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário