Festival do Rio de Cinema…e de Música!

Como todo e qualquer blog de música, o Bloody Pop fala bastante de festivais, principalmente nessa época do ano. Mas como um bom viciado em cultura pop que sou, setembro vira um mês ainda mais apertado financeiramente – até agora foram R$ 380 no Tim Festival + Planeta Terra e ainda tem Justice e R.E.M. para comprar – devido a outro evento, o Festival de Cinema do Rio.

Além dos mais de 350 filmes (novo do Woody Allen, estréia do Charlie Kauffman, comédia dos Coens etc), essa edição do festival traz uma suculenta programação para os viciados não só em cinema, mas também em música. Divididos em duas mostras, serão exibidos no envento mais de 15 documentários focados nos bons sons e seus personagens, das cantoras do rádio até o Joe Strummer. Isso sem falar em “Sujos e Sábios”, estréia de Madonna na direção e que traz Eugene Hütz do Gogol Bordello no papel principal.

A principal casa dessas produções é a mostra Midnight Songs. Filha da Midnight Movies, mostra de filmes estranhos do festival, a Midnight Songs tem no cardápio filmes como “Joe Strummer: o futuro está para ser escrito”, sobre a vida do saudoso líder do The Clash; “Patti Smith: sonho de vida”, que se propõe a entender uma das mais enigmáticas figuras do rock; e também “Africa Unite”, que mostra a viagem da família de Bob Marley à África para comemorar o aniversário de 60 anos do cantor.

Outra morada dos documentários musicais é a Premiere Brasil, principal mostra do festival e hoje a maior vitrine do cinema brasileiro. Na mostra competitiva, estão “Cantoras do Rádio”, “Loki – Arnaldo Baptista”, “Jards Macalé – Um morcego na porta principal”, “Palavra (En)cantada” que investiga as relações entre a música e a literatura, e “Titãs – A vida até parece uma festa”, em que Branco Mello traça a história de sua banda. Além desses, serão exibidos como hors-concours o elogiado “Simonal – Ninguém sabe o duro que dei”, que estreiou no festival É Tudo Verdade no primeiro semestre, e “O homem que engarrafava nuvens”, que traz as história de Humberto Teixeira, autor de “Asa Branca”, dirigido por sua filha Denise Dummont.

O Festival do Rio começa nessa quinta-feira, 25, com exibição fechada de “Última parada 174” de Bruno Bareto e continua até dia 9 de outubro. A programação completa pode ser vista no site do evento, assim que ele entrar no ar (mancada, ein?), ou nesse doc que está circulando pelo orkut. Os ingressos antecipados começam a ser vendidos amanhã, terça-feira (23), no Espaço de Cinema em Botafogo a partir das 12h. Os preços variam de cinema para cinema, mas há possibilidade de comprar passaportes para 20 filmes (R$ 130) e 50 (R$ 260).

Depois do pulo, a sinopse e os horários dos documentários musicais e do filme da Madonna.

OBS: os números e letras que aparecem na frente dos horários das sessões são códigos ultilizados para compra antecipada. Como o festival costuma ser bastante concorrido, é bom anotar os códigos de todos os filmes que você quer ver e correr pra fila. Te vejo por aí.

MIDNIGHT SONGS

Mostra sobre ícones da música mundial
AFRICA UNITE
(Africa Unite)
de Stephanie Black. Documentário. Estados Unidos / Jamaica / Etiópia, 2007. 89min.
Na data em que Bob Marley completaria 60 anos, sua família decide fazer uma extensa comemoração. Três gerações da família Marley viajam então para a Etiópia, para organizar uma grande festividade. Com o propósito de inspirar os africanos a se unirem pelo futuro de seu continente, é realizado um evento de uma semana. O acontecimento mais marcante é um show de mais de doze horas visto por 350 mil pessoas. Sob o ritmo do reggae, o evento é apresentado em todos os seus aspectos: musical, político e histórico, traduzindo o legado de Bob Marley em entrevistas, imagens e canções.
(LEP) – Livre
SEX (3/10) 15:50 Est Vivo Gávea 4 [GV437]
SEX (3/10) 22:20 Est Vivo Gávea 4 [GV440]
QUA (1/10) 18:00 Espaço de Cinema 3 [EC338]
QUA (1/10) 23:45 Espaço de Cinema 3 [EC341]
SAB (4/10) 20:15 Est Barra Point 2 [BP244]

ANITA O’DAY: A VIDA DE UMA CANTORA DE JAZZ
(Anita O’Day: The life of a Jazz Singer)
de Robbie Cavolina, Ian McCrudden. Documentário. Estados Unidos, 2007. 90min.
Anita O’Day, grande cantora de jazz americana, manteve-se ativa da década de 40 até sua morte em 2006, aos 86 anos. De sua performance decisiva no Newport Jazz Festival em 1985 a apresentações recentes, passando por parcerias com artistas como Louis Armstrong e Roy Eldridge, O’Day emerge como a maior voz branca do gênero, fazendo frente a um forte preconceito reverso. Vivendo sempre da forma que queria e sem olhar pra trás, sua vida privada foi uma catástrofe: quatro casamentos fracassados, prisões, abortos, estupros e vinte anos de vício em álcool e heroína.
(LEP) – 10 anos
DOM (5/10) 15:50 Est Vivo Gávea 4 [GV447]
DOM (5/10) 22:20 Est Vivo Gávea 4 [GV450]
SEX (3/10) 16:45 Espaço de Cinema 1 [EC148]
SEX (3/10) 21:45 Espaço de Cinema 1 [EC150]

CAFÉ DOS MAESTROS
(Café de los maestros)
de Miguel Kohan. Documentário. Argentina / Estados Unidos / Brasil, 2008. 90min.
Leopoldo Federico, Lágrima Ríos, Aníbal Arias, José Libertella e Luis Stazo são grandes mestres do tango argentino. Juntos, eles ensaiam para uma apresentação de gala no histórico Teatro Colón, em Buenos Aires. Acompanhamos os bastidores desta produção guiados pelo músico Gustavo Santaolalla, grande amante do tango tradicional e duas vezes vencedor do Oscar de Melhor Trilha Sonora, por O Segredo de Brokeback Mountain (2005) e Babel (2006) . Entre ensaios e performances ao vivo, os músicos relembram histórias da época de ouro do tango e dão seu testemunho sobre a maior tradição cultural argentina.
(LEP) – Livre
SEG (6/10) 14:30 Espaço de Cinema 2 [EC262]
SEG (6/10) 19:00 Espaço de Cinema 2 [EC264]
QUA (8/10) 15:50 Est Vivo Gávea 4 [GV462]
QUA (8/10) 22:10 Est Vivo Gávea 4 [GV465]
QUI (9/10) 19:00 Cine Santa []

CELIA, A RAINHA
(Celia The Queen)
de Joe Cardona, Mario De Varona. Documentário. Estados Unidos, 2008. 84min.
Celia Cruz começou a cantar para o público de Havana ainda adolescente e logo virou a grande atração da popular orquestra La Sonora Matancera, na qual permaneceu durante 15 anos. Em 1961, se radicou nos EUA, onde estabeleceu grandes parcerias, com Tito Puente e depois com a Fania All Stars, quando virou um ícone da emergente salsa. A Rainha, como é chamada por seus fãs, foi uma musa, um símbolo político e uma esposa apaixonada, tocando milhões de pessoas ao redor do mundo, de grandes artistas a pessoas comuns. Sua poderosa voz atravessou as barreiras do machismo e do racismo.
(LEP) – Livre
SEX (26/9) 14:15 Espaço de Cinema 2 [EC202]
SEX (26/9) 18:45 Espaço de Cinema 2 [EC204]
DOM (28/9) 15:50 Est Vivo Gávea 4 [GV412]
DOM (28/9) 22:20 Est Vivo Gávea 4 [GV415]
DOM (5/10) 18:00 Est Barra Point 1 [BP148]

COMBINAÇÃO SELVAGEM: UM RETRATO DE ARTHUR RUSSELL
(Wild Combination: A Portrait of Arthur Russell)
de Matt Wolf. Documentário. Estados Unidos, 2008. 71min.
O cellista americano Arthur Russell foi apadrinhado pelo poeta beat Allen Ginsberg e firmou parcerias com músicos como Philip Glass, John Cage e David Byrne. Compositor de peças orquestrais, trabalhou com música clássica e experimentos de vanguarda, além de investigar as potencialidades artísticas da disco. O documentário recupera imagens de arquivo de Russel, morto em 1992 em decorrência da AIDS, e vai ao encontro de antigos amigos e admiradores, num tributo à memória de um homem que dedicou a vida à busca pela perfeição musical. Exibido no Festival de Berlim 2008.
(LEP) – anos
TER (7/10) 13:40 Est Vivo Gávea 4 [GV456]
TER (7/10) 20:10 Est Vivo Gávea 4 [GV459]
QUI (9/10) 19:30 Espaço de Cinema 1 [EC189]
QUA (8/10) 16:30 Cine Glória []
SEX (3/10) 22:15 Est Barra Point 2 [BP240]

CSNY: DÉJÀ VU
(CSNY: Deja Vu)
de Bernard Shakey (Neil Young). Documentário. Estados Unidos, 2008. 97min.
Crosby, Stills, Nash & Young foi uma das bandas mais ativistas dos anos 60. Porta-voz de sua geração contra os horrores do Vietnã, suas canções de protesto se transformaram em hinos pela liberdade. Em 2006, os quatro músicos se reuniram para uma nova turnê, tocando músicas do controverso álbum Living the War, de Neil Young. O cenário agora é a luta contra a Guerra do Iraque e os desmandos de George W. Bush. O documentário mostra performances ao vivo da banda e os bastidores políticos da turnê: materiais de arquivo e reportagens de televisão que revelam a tensão crescente no país.
(LEP) – 12 anos
SEG (29/9) 12:45 Espaço de Cinema 2 [EC219]
SEG (29/9) 23:30 Espaço de Cinema 2 [EC224]
DOM (28/9) 14:00 Palacio 2 [PL209]
DOM (28/9) 19:00 Palacio 2 [PL211]
SEX (26/9) 22:00 Est Barra Point 1 [BP105]

JOE STRUMMER: O FUTURO ESTÁ PARA SER ESCRITO
(Joe Strummer: The Future Is Unwritten)
de Julien Temple. Documentário. Irlanda / Reino Unido, 2007. 123min.
Joe Strummer, ex-líder da banda punk The Clash, marcou profundamente a existência de seus contemporâneos. Seu espírito contestatório revolucionou a atitude do rock’n’roll e seus ideais superaram divisões sociais e geográficas, convertendo-o num verdadeiro humanista. Através de entrevistas com personalidades, imagens de arquivo e registros inéditos de apresentações, o diretor e amigo Julien Temple faz uma biografia-homenagem deste ícone contraditório, que, com suas músicas, traçou um panorama crítico de nosso tempo. Melhor documentário no British Independent Film Awards 2007.
(LEP) – 12 anos
SAB (27/9) 12:30 Espaço de Cinema 2 [EC207]
SAB (27/9) 23:30 Espaço de Cinema 2 [EC212]
SEG (29/9) 16:30 Palacio 2 [PL214]
SEG (29/9) 21:30 Palacio 2 [PL216]
SEX (26/9) 14:15 Est Barra Point 2 [BP201]

PATTI SMITH: SONHO DE VIDA
(Patti Smith: Dream of Life)
de Steven Sebring. Documentário. Estados Unidos, 2008. 109min.
Precursora do punk nova-iorquino, Patti Smith surgiu no cenário musical nos anos 70, tornando-se um ícone do rock por sua poesia contestadora e música crua. Durante os últimos onze anos, o fotógrafo Steven Sebring acompanhou a cantora de perto, de sessões musicais em seu apartamento a épicas apresentações internacionais. Narrado pela própria Smith, o filme mergulha em seu universo artístico, composto de canções, pinturas e fotografias, explorando temas como espiritualidade, história e expressão pessoal. Melhor Direção de Fotografia em Documentário no Festival de Sundance 2008.
(LEP) – 12 anos
SEX (3/10) 12:30 Espaço de Cinema 2 [EC243]
SEX (3/10) 23:30 Espaço de Cinema 2 [EC248]
DOM (5/10) 14:00 Palacio 2 [PL240]
DOM (5/10) 18:10 Palacio 2 [PL242]
SEG (6/10) 22:00 Est Barra Point 1 [BP155]

PHILIP GLASS: UM RETRATO EM DOZE PARTES
(Glass: A Portrait of Philip in Twelve Parts)
de Scott Hicks. Documentário. Austrália, 2007. 115min.
Ao longo de 18 meses, o diretor Scott Hicks acompanhou o compositor Philip Glass para realizar um documentário celebrando seus 70 anos. O retrato resultante nos introduz em sua rotina, desde os preparativos para uma turnê internacional até nos momentos com a família. Seja compondo sua música, que ele mesmo define como “de estruturas repetitivas”, conversando com conselheiros espirituais, brincando com os filhos ou cozinhando, Glass aparece em suas múltiplas facetas de artista prolífico e controverso, questionador das fronteiras entre música culta e popular.
(LEP) – 12 anos
SEG (6/10) 12:00 Espaço de Cinema 2 [EC261]
SEG (6/10) 23:30 Espaço de Cinema 2 [EC266]
QUA (8/10) 16:00 Palacio 2 [PL256]
QUA (8/10) 20:00 Palacio 2 [PL258]

 

MIDNIGHT MOVIES

SUJOS E SÁBIOS
(Filth and Wisdom)
de Madonna. Com Eugene Hütz, Holly Weston, Vicky McClure. Reino Unido, 2008. 81min.
A.K. é um imigrante ucraniano que vive em Londres. Além de se considerar filósofo e sábio, ele tem planos de alcançar o super estrelato com sua banda de punk cigano Gogol Bordello. Por enquanto, A.K. consegue apenas descolar alguns trocados interpretando papéis femininos em funções privadas para homens casados. Ele divide o apartamento com duas garotas, Holly e Juliette. Holly almeja ser uma bailarina famosa e Juliette deseja ir para a África ajudar crianças necessitadas, mas por hora elas precisam contentar-se com seus subempregos e trilhar seus caminhos tragicômicos.
(LEP) – 16 anos
SAB (27/9) 16:00 Estação Botafogo 1 [EB110]
SAB (27/9) 22:00 Estação Botafogo 1 [EB113]
SEG (29/9) 13:50 Est Vivo Gávea 2 [GV216]
SEG (29/9) 18:10 Est Vivo Gávea 2 [GV218]

 

PREMIERE BRASIL

CANTORAS DO RÁDIO
(Cantoras do Rádio)
de Gil Baroni, Marcos Avellar. . Brasil, 2008. 80min.
Cantoras do Rádio é um resgate e uma homenagem aos anos dourados da música popular brasileira. O filme tem como fio condutor o show “Estão Voltando as Flores”, criado e dirigido pelo renomado pesquisador Ricardo Cravo Albin, que celebra dez grandes cantoras do rádio e conta com a participação especial de Carmélia Alves, Carminha Mascarenhas, Ellen de Lima e Violeta Cavalcante, quatro divas da gloriosa Era do Rádio no Brasil.
– Livre
QUA (1/10) 18:00 Odeon Petrobras [OD031]
QUI (2/10) 15:30 Odeon Petrobras [OD036]
SEX (3/10) 13:30 Est Vivo Gávea 3 [GV331]
SEX (3/10) 20:00 Est Vivo Gávea 3 [GV334]

CONTRATEMPO
(Contratempo)
de Malu Mader, Mini Kerti. . Brasil, 2008. 98min.
CONTRATEMPO.s.m. 1. Circunstância ou incidente inesperado, que impede ou contraria o curso de um acontecimento, de um projeto etc. 2. p.ext. Obstáculo, estorvo, empecilho. 3. Aborrecimento, desgosto. 4. Música – A parte fraca do tempo.
No Rio de Janeiro, jovens de comunidades pobres tentam encontrar alternativas para o impasse social brasileiro. Alguns são selecionados para integrar um projeto social ligado à música, mas as transformações nem sempre acontecem.
– Livre
SEG (6/10) 20:00 Odeon Petrobras [OD062]
TER (7/10) 11:00 Odeon Petrobras [OD064]
QUA (8/10) 15:40 Est Vivo Gávea 3 [GV357]
QUA (8/10) 22:20 Est Vivo Gávea 3 [GV360]

O HOMEM QUE ENGARRAFAVA NUVENS
(O Homem Que Engarrafava Nuvens)
de Lírio Ferreira. . Brasil / Estados Unidos da América, 2008. 106min.
Documentário musical sobre a vida e a obra do compositor, advogado, deputado federal e criador das leis de direitos autorais, Humberto Teixeira, também conhecido como “O Doutor do Baião” pela autoria de clássicos populares como “Asa Branca”. O filme acompanha sua filha, Denise Dummont, numa viagem em busca de aprender mais sobre o pai. O Homem que Engarrafava Nuvens é uma celebração da obra artística e musical de Teixeira. O baião é redescoberto agora e registrado por algumas estrelas mais vibrantes do Brasil.
– Livre
SAB (4/10) 11:15 Odeon Petrobras [OD046]
SEX (3/10) 20:00 Palácio 1 [PL115]
DOM (5/10) 15:40 Est Vivo Gávea 3 [GV342]
DOM (5/10) 22:10 Est Vivo Gávea 3 [GV345]

JARDS MACALÉ – UM MORCEGO NA PORTA PRINCIPAL
(Jards Macalé – Um Morcego na Porta Principal)
de Marco Abujamra, Co-Direção/Co-Direction:João Pimentel. . Brasil / Brasil, 2008. 71min.
Jards Macalé – Um Morcego na Porta Principal joga uma luz sobre a trajetória nada linear deste artista contestador e personagem controverso da cultura brasileira nas últimas quatro décadas. Autor de “Vapor Barato” e “Movimento dos Barcos”, parceiro principal de Waly Salomão, violonista e arranjador de Gal Costa e Caetano Veloso, ator e autor de trilhas de Nelson Pereira dos Santos, amigo pessoal de Lygia Clark e Hélio Oiticica. Mas, antes de tudo, o “maldito” que sonha em ver a palavra amor na bandeira do Brasil.
– 14 anos
QUI (2/10) 22:30 Odeon Petrobras [OD039]
SEX (3/10) 16:00 Odeon Petrobras [OD042]
SAB (4/10) 13:30 Est Vivo Gávea 3 [GV336]
SAB (4/10) 20:10 Est Vivo Gávea 3 [GV339]

LOKI – ARNALDO BAPTISTA
(Loki – Arnaldo Baptista)
de Paulo Henrique Fontenelle. . Brasil, 2008. 120min.
Cinebiografia do músico Arnaldo Baptista, ex-integrante dos Mutantes, contada através de um quadro traçado pelo próprio artista. A pintura é intercalada com imagens históricas que remetem aos principais momentos de sua trajetória artística, que fizeram dele um dos grandes nomes do rock brasileiro. Depoimentos de Tom Zé, Nelson Motta, Gilberto Gil, Sean Lennon, entre outros.
– Livre
SAB (4/10) 22:30 Odeon Petrobras [OD051]
DOM (5/10) 15:45 Odeon Petrobras [OD054]
SEG (6/10) 13:00 Est Vivo Gávea 3 [GV346]
SEG (6/10) 20:00 Est Vivo Gávea 3 [GV349]

PALAVRA (EN)CANTADA
(Palavra Encantada)
de Helena Solberg. . Brasil, 2008. 84min.
Em um país com forte cultura oral como o Brasil, a música popular pode ser a grande ponte para a poesia e a literatura. A reflexão sobre esse tema é o ponto de partida do novo filme de Helena Solberg. Palavra (En)cantada tem a sua narrativa construída na costura de depoimentos, performances musicais e bela trilha sonora. O filme conta com a participação de Adriana Calcanhoto, Arnaldo Antunes, Chico Buarque, Lirinha, Lenine, Maria Bethânia, Martinho da Vila, Tom Zé, entre outros, que cantaram e tocaram suas canções. O filme também apresenta rico material de arquivo.
– Livre
SAB (27/9) 20:00 Odeon Petrobras [OD008]
DOM (28/9) 13:30 Odeon Petrobras [OD011]
SEG (29/9) 15:40 Est Vivo Gávea 3 [GV312]
SEG (29/9) 22:10 Est Vivo Gávea 3 [GV315]

SIMONAL – NINGUÉM SABE O DURO QUE DEI
(Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei)
de Claudio Manoel, Micael Langer, Calvito Leal. . Brasil, 2008. 86min.
Numa época de talentos eternos e revolucionários, Wilson Simonal brilhou como ninguém e inovou como poucos. Juntando qualidade, carisma, simpatia, suingue, charme, sensualidade e muito talento, ele se tornou a sensação do Brasil e ainda conquistou o público internacional. De repente, tudo acabou. Boatos, acusações, mistérios, patrulhas e perseguições. O que aconteceu com Wilson Simonal? Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei traça a trajetória impressionante do ex-cabo do exército, que reinou soberano e acabou condenado ao ostracismo por um delito que jurava inocência.
– Livre
QUA (1/10) 22:30 Odeon Petrobras [OD033]
QUI (2/10) 11:30 Odeon Petrobras [OD034]
SEX (3/10) 17:50 Est Vivo Gávea 3 [GV333]

TITÃS – A VIDA ATÉ PARECE UMA FESTA
(Titãs – A vida até parece uma festa)
de Branco Mello, Oscar Rodrigues Alves. . Brasil, 2008. 100min.
Os Titãs contam sua própria história. Em ritmo de aventura, com cenas inéditas da vida dentro e fora dos palcos, gravações de álbuns antológicos e de grandes sucessos desde os primórdios até hoje em dia, o filme conta com imagens captadas por eles e principalmente por Branco Mello, que em 1984 saiu gravando tudo que acontecia com o grupo naquele momento de explosão musical que foram os anos 80.
– 12 anos
TER (30/9) 22:30 Odeon Petrobras [OD027]
QUA (1/10) 13:30 Odeon Petrobras [OD029]
QUI (2/10) 13:30 Est Vivo Gávea 3 [GV326]
QUI (2/10) 20:00 Est Vivo Gávea 3 [GV329]

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s