Disco: "Hold Time", M. Ward

hold_time-m__ward_480

Depois de lançar o nostálgico She & Him junto com a bela atriz, Zooey Deschanel, o cantor, letrista e guitarrista M.Ward chega ao seu sexto álbum solo. Com uma fórmula de que músicas simples podem transcender o tempo, “Hold Time” quase nos convence de com seus argumentos, mas acaba morrendo na sua própria premissa.

Junto de uma banda de primeiro escalão, cordas por Peter Broderick (Efterklang) e percussão e mixagem por Mike Mogis (Bright Eyes), M. Ward ainda conta com participações da Deschanel em “Rave On” (cover de Buddy Holly) e uma escalação errada da cantora Lucinda Williams no cover de um clássico do country americano “Oh Lonesome Me”.

Seguindo o mesmo estilo de seus outros discos, Ward investe cada vez mais ainda no seu estilo “americana” folk lo-fi, com influências do rock, country e blues.  Mostrando que esta buscando manter seu estilo próprio, tirando um pouco o foco de sua guitarra e dando mais força para sua banda, ao contrario de seus primeiros discos, onde o lado guitarrista estava muito mais presente.

O disco abre com “For Beginners” uma canção simples, que uma voz que muitas vezes lembra Spencer Krug do  Sunset Rubdown/Wolf Parade/Swan Lake. Logo em seguida temos “Never Had Nobody Like You”, a melhor do CD. Com a ajuda do backing vocal da Zooey, Ward canta um glam-rock com versos inspirados nos Jackson’s Five (“Now it’s just like ABC/Life’s just like 123″). Outro destaque do disco é a sua última faixa, “Outro”. Uma homenagem, a Ennio Morricone e ao Western Spaghetti, com uma guitarra “espaçosa” e beirando a psicodelia. Mas como todo disco de 14 faixas, a alguns deslizes como em “Jailbird”, que nem com ajuda de uma instrumentação e vocais em camadas consegue ser salvo da mesmice.

Seguindo sua fórmula por todo álbum, M. Ward,consegue fazer seu som soar familiar a qualquer um, mas acaba morrendo na praia. Sua simplicidade é em excesso e não há surpresas no álbum. Um álbum previsível, mais do mesmo já mostrado em “Post-War” e “Transistor Radio”, seus discos anteriores.

[“Hold Time”, M. Ward. 14 faixas com produção do próprio. Lançado em fevereiro de 2009 pela Merge Records/4AD]

[rating: 2.5/5]

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s