Caetano Veloso & Banda Cê @ Canecão, 08/05/09

A asa delta que adorna o palco do novo show de Caetano Veloso, que estreou na última sexta no Canecão lotado, provavelmente foi pensada como uma inusitada maneira de levar o Rio de “Zii e Zie” para estrada, mas no fim das contas a impressão que fica é outra. Caê está voando alto novamente – instigante, indomável e livre. Suas novas asas são bem mais jovens do que ele, na verdade, poderiam até ser seus filhos. No entanto, não há nem um traço de paternalismo ou reverência na disposição e nos movimentos que ele e sua Banda Cê executam no palco. Os quatro estão dispostos com aerodinâmica perfeita: Caetano à frente, perfeitamente alinhado com Marcelo Callado (bateria) ao fundo, Pedro Sá, seu produtor e guitarrista, à direita e Ricardo Dias Gomes (baixo e teclado) à esquerda. O que se vê ali é amizade, companheirism0 e principalmente sinergia. O resultado é um voô de expedição não só pelo Rio, como também pelo fértil momento da carreira de Caetano, com seus sambas tortos e seus pós-rocks tristes.

A apresentação é aberta saudando o samba por meio da homenagem a Paulinho da Viola contida da letra de “A Voz do Morto” e segue para o suíngue contido e elegante de “Sem Cais”, composição de Pedro Sá com letra de Caetano, que é sucedida pelo belo “Trem das Cores”. Daí chega “Perdeu”, faixa de abertura de “Zii e Zie”, e tudo se comprova. No longo e ruídoso instrumental que fecha a música, Caetano recua da sua posição de frontman até o ponto do resto da banda e fica ali até as últimas notas da cançã0, com se estivesse simplesmente fazendo uma jam com os amigos. Ele e a banda Cê são um só, e até aqui a parceira só tem dado certo.

“Maria Bethânia”, dedicada ao recém-falecido Augusto Boal, e “Irene” aparecem rearranjadas e marcam o momento em que o público, tão importante no surgimento de “Zii e Zie”, finalmente se solta e canta. Caetano sorri e continua, pinçando antigos e novos transambas/transrocks, com resultados dividos. “Falso Leblon” e “Base de Guatánamo” ganham força, mas “Não Identificado” é roubada em algumas sutilezas, no ritmo mais acelerado do novo arranjo. O “odeio você” de “Odeio” (única música de “Cê” presente no show) que causaria catarse numa platéia menos sisuda, de rock, vira coro calminho. Caetano adora, estendendo o refrão depois que a banda para. “Amo isso”, ele diz.

O carimbó de “Água” de Kassin (música citada na letra de “Lapa”) ganha versão reverente, mas melhorada, que casa perfeitamente com o axé de “A Cor Amarela” que a segue. Mas o tom festivo não continua e Caetano fecha a primeira parte do set com uma versão pesada de “Eu Sou Neguinha?”, em que a tensão original da faixa é delineada, embrutecida pela batida seca de Callado e os acordes soltos no ar de Pedro Sá. É provavelmente o momento mais impactante do show.

No bis, “Incompatiblidade de Gênios”, “Manjar de Reis”, “Três Travestis”. “Força Estranha” do Rei fecha a apresentação, enquanto o telão ao fundo é iluninado em tons de pôr do sol, talvez dizendo que começar a acabar ali mais uma fase de Caê. Futurologia a parte, os últimos 3 anos de Caetano, que cultiminam neste show, mostram um gênio que, depois de anos errante, reencontrou sua musa. Agora é só esperar para ver para onde ele voará depois.

[Os vídeos são de autoria do Felipe Passareli, o cybertechno, que gravou esse e vários outros shows. Dê uma olhada no canal dele no YouTube.]

A turnê de de “Zii e Zie” continua, mas ainda sem a confirmação do(s) show(s) em São Paulo:

16/05 Brasília, DF – Centro de Convenções Ulisses Guimarães.
23/05 Belém, PA -Assembléia Paraense.
27/05 Maceió, AL – Teatro Gustavo Leite.
29/05 Fortaleza, CE – Siara Hall.
30/05 Juazeiro do Norte, CE – Aplauso
05/06 Salvador, BA – Concha Acústica.
24/06 Porto Alegre, RS – Teatro do Sesi
25/06 Porto Alegre, RS – Teatro do Sesi
27/06 Curitiba, PR – Teatro Positivo
03/06 Belo Horizonte, MG – Chevrolet Hall
05/07 Vitória, ES – Ginásio Álvares Cabral

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Caetano Veloso & Banda Cê @ Canecão, 08/05/09

  1. Leo disse:

    não vejo a hora de ver o show.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s