Interpol 2010 como se fosse 2002?

interrio

É o que anda dizendopor aí o baterista Samuel Fogarino. Segundo ele, a banda gravou o quarto álbum durante o primeiro semestre desse ano no Electric Lady Studios, em NY, e o disco retorna à sonoridade do “Turn On The Bright Lights”, devidamente avaliado como um clássico do seu tempo pelas listas de melhores da década.

Ele também acrescenta que o “Our Love To Admire” não foi lá um grande álbum (verdade) e que o guitarista Daniel Kesseler teve uma espécie de epifania musical redescobrindo o maravilhoso som de guitarra que ele fazia há tempos atrás. “A qualidade daquele tom de guitarra, tocando num espaço amplo, é simplesmente bonito. Cria atmosfera”, diz Fogarino sobre a sonoridade do colega de banda. Eu provavelmente concordo.

Dá para ler tudo isso na Paste Magazine. E de repente aquele boato de um novo disco do Interpol chamado “The Projectionist” estar pronto nem parece tão bizarro assim. A conferir.

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Interpol 2010 como se fosse 2002?

  1. Fernando Correa disse:

    Acho o Our love excelente… como vier, vem bem

  2. Ingrid disse:

    Tô chocada!Pra mim todos os albuns são excelentes sem tirar nem pôr,dizer que não foi lá um grande album é um pecado! D:
    E que venha o novo álbum para que eu também o ame.Com certeza um brilhante álbum.

  3. Bruno Hanover disse:

    The Heinrich Maneuver é a melhor música do Interpol e ta no Our Love To Admire.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s