Aqueles Queridos Anos 2000 – "Since I Left You", The Avalanches

Com o BR00 (em fevereiro por aqui) correndo numa direção totalmente diferente, nós do Bloody Pop tivemos a liberdade de simplesmente abolir as listas de melhores da década para música internacional. Quer dizer, não é que o especial Aqueles Queridos Anos 2000 não seja uma lista, o ponto é que não há ranking, não há melhores, apenas 20 discos definiram para cada um de nós o que era ter uma experiência musical incrível.

Não houve votação – a idéia era que cada membro do Bloody Pop escolhesse de um a três discos que tivessem marcado sua vida. Vamos ser francos: todos nós tivemos nossas primeiras experiências musicais com alguma seriedade nos últimos 10 anos, o que faz qualquer uma dessas obras contarem um pouco da nossa história. Sendo assim, nos próximos vinte dias espere revelações (nem tão) bombásticas sobre a nossas vidas, alguma queimação involuntária de filme e muito fanboyismo.

Além dos álbums, o especial fica completo por meia-dúzia de mixtapes espertas, publicadas a cada três dias.

por Tomás Pinheiro

Chegamos ao final da década que muitos dizem que foi a década dos Mashups, do Remix, do “Rip, Burn and Mix”. Pode-se dizer que tudo começou em novembro 27 de 2000, data de lançamento do melhor álbum de mashups já lançado na história – “Since I Left You” do grupo australiano The Avalanches.

Com mais de 900 (sim, eu disse 900) samples, “Since I Left You” é construído com tanta maestria que você não consegue tirar o sorriso da cara depois de ouvi-lo. As colagens vão de vídeos de instrução de como jogar golfe, musicas da madonna, programas de TV até gravações obscuras de rock, soul etc. O valor deste álbum não esta na qualidade dos samples usados e sim no modo como o Avalaches constrói um contexto totalmente único para todos esses sons, ao mesmo tempo permitindo que cada som tenha seu gostinho distinto. Como resultado, o álbum soa como algo que você nunca ouviu.

O disco abre com a faixa que lhe dá nome, com um lento groove de disco, com xilofone e vocais repetindo “Since I left you /I found the world so new”. Logo em seguida vem “Stay For Another Reason”, faixa que pega os samples de “Holiday” da Madonna e vai aos poucos fazendo a transição para “Radio”, que é centrada quase em um mantra vocal que vai repetindo curtas frases como “sending those signals” ao longo de toda faixa junto com uma linha de baixo pesada, sintetizadores e guitarras cheias de wahwah, criando assim uma música disco “viajante”.

Mas talvez a música chave deste disco seja “Frontier Psychiatrist” uma faixa que alem de fazer você dar risadas com seus samples falandos/cantados, ela demonstra o principio do disco de colagem inusitadas: formar um terceiro elemento diferente de tudo. Nessa faixas temos, 37 samples desde fantasmas fazendo um uuuuhhh, cavalos, bandas de mariachi, livros, até filmes. Junta-se a isso uma batida que poderia estar em qualquer disco de trip hop da Ninja Tune e uma demostração de que papagaio pode falar através de um scratch de tirar o fôlego. O resultado: uma das faixas mais bizarramente dançantes e divertidas da década.

“Since I Left You” simboliza bem a cultura de hoje, de pegar o que ja existe e recriar, repensar, juntar, REMIXAR. Eles não foram os pioneiros nisso (DJ Shadow e o seu “Entroducing” foi o primeiro disco só feito de samples), mas foram eles que levaram a idéia a um nível jamais imaginado. “Endtroducing” é uma obra única também, mas é um estudo de um artista em busca de um novo modo de fazer música. Já “Since I Left You”, vai te fazer rir, se emocionar, dançar (pode colocar em qualquer festinha que ninguém vai reclamar) e acima de tudo vai fazer você ter uma experiência única, uma viagem por um criação sonora inusitada. Agora pare de ler esta review,vá lá e sente-se em uma poltrona confortável, e faça uma pequena jornada por esse mundo. Como diz o sample na primeira faixa, “get a drink, have a good time now, welcome to paradise”.

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s