20 Nomes Para Ficar Ligado Em 2010: é do Brasillll!

Se em 2009 listamos 40 artistas para que você ficasse ligado, esse ano cortamos pela metade nossas “apostas”. Não que o cenário esteja menos interessante, o fato é que nosso faro ficou um pouco mais apurado depois da experiência do ano passado.

Nos próximos dois dias, no terceiro e último especial do Bloody Pop em janeiro, vamos falar de 20 artistas (na verdade, 30) – 10 daqui, 10 de fora – que já têm maravilhado nossos ouvidos, mas que prometem muito mais para 2010. São nomes bastante díspares – do funk progressivo do Burro Morto ao synthpop de quartinho escuro do Toro Y Moi, das canções perfeitas de Marcelo Jeneci ao dubstep mutante de Joy Orbison – mas que provam que a “classe de 2010” já é bem escolada na cartilha dos bons sons.

A Banda de Joseph Tourton

Recife, PE
Myspace | TramaVirtual
Lembra: Hurtmold e Mombojó
Ouça: “#3” e “#2”
Depois de caírem no radar após uma bem recebida estréia no palco do Coquetel Molotov 2008, A Banda de Joseph Tourton vem se destacando mais e mais na efervescente cena de rock instrumental no país. Como outras grandes da safra, A Banda tem sonoridade ligeiramente mais focada na melodia do que no ritmo, algo como um Hurtmold querendo fazer canção. O primeiro EP do grupo foi lançado em 2008 (baixe aqui) e tem as incríveis “#3” e “#2”, mas uma pequena revolução sonora é esperada do primeiro álbum/novo EP, com produção de Felipe S e Marcelo Machado do Mombojó, que deve sair em 2010. (Livio Vilela)

Burro Morto

João Pessoa, PB
Myspace | TramaVirtual
Lembra: NOMO, Antibalas
Ouça: “Menarca”, “Navalha Cega”

Outra boa dica instrumental vem de João Pessoa, na Paraíba. Ao contrário da A Banda de Joseph Tourton, a onda do Burro Morto é groove psicodélico safado, tipo Miles Davis fazendo um som com o nosso Jorge Ben. Coisa séria, muito séria. Lançado em 2008, o EP “Varadouro” compila 7 jams de prog-funkeadas, intergaláticas e mundanas ao mesmo tempo. Para 2010, os planos são muitos. Financiado pelo Projeto Pixinguinha, o primeiro álbum da banda, “Baptista Virou Máquina”, sai em março e terá participação de Fernando Catatau. (Livio Vilela)

Jr. Black

Recife, PE
Myspace
Lembra: Ed Motta versão pop, produções da DFA, 3 Na Massa
Ouça: “Dança Bonito”, “Muito Além do Cenozóico”

Ainda na área dos grooves, a boa é Jr. Black, cantor, compositor e produtor recifense que acaba de soltar grande parte do seu primeiro disco solo (era do Negroove e já foi da banda do DJ Dolores), “RGB”, no myspace. O álbum é uma piração de teclados, sintetizadores e baixos distorcidos, que servem de cama para que Júnior brinque de crooner, com sua voz rouca e potente. O álbum foi feito em parceria com o Sunga Trio – a reunião de China, Chiquinho do Mombojó e Homero Basílio – e deve sair oficialmente nas próximas semanas. Daí é tocer para o cara invadir as noites Brasil afora. (Livio Vilela)

L.A.B.

Novo Hamburgo, RS
Myspace
Lembra: Cut Copy, Interpol, Delphic
Ouça: “Uma Vida em 8 Bits” e “Visão Além do Alcance”

Dividido entre o rock e eletrônica (e citando TV On The Radio como influência, o que é sempre bom), o trio gaúcho se prepara para um ano intenso. A apresentação no South By Southwest em março já está agendada e o primeiro álbum da banda deve chegar até o fim do ano, pela gravadora Curve Music. O primeiro EP, “Segundo Andar”, foi lançado ano passado e mostra uma banda ainda amadurecendo, mas que demonstra um imenso potencial em faixas como “Uma Vida em 8 Bits” (um dos riffs mais divertidos do ano) e “Visão Além do Alcance”. (Livio Vilela)

Lê Almeida

Rio de Janeiro, RJ
Myspace | TramaVirtual
Lembra: Guided By Voices, Superguidis do “Pacotão”, Wavves
Ouça: “Nunca Nunca”, “Canção pro Beto Guedes”

Apesar de ter um “(quarto) estúdio” chamado Interestellar Lo-fi que mais parece nome de brincadeira de criança que estúdio de gente grande, Lê Almeida já é homem feito. Alguns fatos do seu passado recente incluem a produção de um disco-tributo ao Guided by Voices feito por bandas brasileiras e o lançamento do ótimo EP de 8-músicas-em-17-minutos “REVI” (lê-se “révi”, de pesado, em inglês), fora o posto de fundador do TRANSFUSÃO NOISE RECORDS, selo da baixada fluminense. Com referências que vão de Pavement a Stereolab, mesmo com toda a saturação de “discos de quarto” que 2009 presenciou, as melodias simples e a produção acertada fazem ouvir o cara uma boa experiência. (Rafael Abreu)

Marcelo Jeneci

São Paulo, SP
Myspace
Lembra: Roberto e Erasmo, Guilherme Arantes, Bruno Morais
Ouça: “Felicidade” e “Dar-te-ei”

Tocando há mais de 10 anos com diversos artistas (Chico César, Cidadão Instigado, Elza Soares, Luiz Tathit, e, mais recentemente, Arnaldo Antunes) e sendo autor de sucessos de novela como “Amado” (para Vanessa da Mata) e “Longe” (para Arnaldo, mas regravada por Leonardo), não é exatamente certo tratar Marcelo Jeneci como um novato. Mesmo assim, só agora que Jeneci deve focar em sua carreira solo, acompanhado por uma banda classuda (Curumin na batera, Laura Lavieri dividindo os vocais, Gustavo Ruiz na guitarra  e Régis Damasceno no baixo). Se até aqui suas canções ficaram mais conhecidas nas vozes de outros, basta ir ao myspace dele e ouvir a demo de “Felicidade” para perceber que isso está para mudar logo. Dono de uma voz contida, mas de doçura cativante, Jeneci explora o atemporal mundo das canções bonitas e, de certa forma, essencialmente populares. E, sim, pode esperar, você provavelmente vai assoviar várias delas em 2010. (Livio)

Mini Box Lunar

Macapá, AP
Myspace | TramaVirtual
Lembra: Mutantes, Video Hits, of Montreal
Ouça: “A boca” e “Amarelasse”

À medida em que a psicodelia brasileira da virada do século (Júpiter Maçã, Mopho, Pipodélica) vai deixando o cenário ou se transformando e a geração seguinte (Cérebro Eletrônico, Supercordas, MoMo) começa a mostrar suas reais cores, é bom que surjam nomes como o Mini Box Lunar, que soam completamente diferentes das duas escolas. Os tons da música do sexteto do Amapá são definitivamente mais vibrantes, quase naïfs. O som é conduzido pela doçura das duas vocalistas e uma tecladeira de abrir sorriso em qualquer um. Sim, uma saudável lembrança d’Os Mutantes vem à cabeça, mas as canções presentes no myspace da banda tem personalidade o suficiente para conviver sem problemas com a referência. (Livio Vilela)

Nuda

Recife, PE
Myspace | TramaVirtual
Lembra: Mundo Livre S/A, Zé Ramalho, Led Zeppeloin, Fagner
Ouça: “Maruimstad” e “Fato: Mamado Vado”

“Menos Cor, Mais Quem”, EP de estréia da Nuda, mostrava o som viajante de uns pernambucanos que até prometiam: o andamento era tanto de dub quanto de MPB bossanovística e os vocais eram tanto arrastados quanto baixinhos. Uma brisa do mar psicodélica, diríamos. Mas o que aumentou muito a expectativa com relação aos caras mesmo foi “Maruimstad”, um puta dum soco no estômago lançado em 2009. Com uma guitarra tão complexa quanto os melhores momentos de Johnny Marr e um vocal vigoroso, a canção caía fácil na categoria de “melhores do ano”. A banda prepara o lançamento do primeiro álbum para 2010, mas desse falamos com mais calma mais tarde, no nosso especial d’Os Discos Brasileiros Mais Esperados Em 2010. (Rafael Abreu)

Sabonetes

Curitiba, PR
Myspace | TramaVirtual
Lembra: OK Go, Franz Ferdinand
Ouça: “Quando Ela Tira o Vestido”, “Nanana”

Tem que ter bastante coragem (e algum miolo fritado, talvez) para se aventurar no calejado pop rock brasileiro como os curitibanos do Sabonetes estão fazendo. Recém-mudados para São Paulo, a banda mostra no seu disco de estréia (lançado na semana passada) um power pop radiofônico, distante de qualquer moda, que poucas bandas se arriscam a escrever (e quando arriscam, naufragam, né Moptop?). Se o futuro ainda é incerto para eles, canções como “Quando Ela Tira O Vestido” mostram um tino pop dos bons e, por enquanto, isso nos basta. (Livio Vilela)

TONO

Rio de Janeiro, RJ
Myspace
Lembra: Céu com Mombojó, Los Hermanos, Gal Costa, CSS
Ouça: “Quando você dança”, “Sonhador Sonâmbulo”

Invariavelmente, o TONO vai acabar conhecido por um tempo como “a banda do filho do Gil”. Sim, é o filho do ex-Ministro na guitarra. Apresentações feitas, vale dizer que, tropicalista por tropicalista, o som da banda está mais para a sensualidade de uma Gal do que para Gil em si. Mesmo assim, a banda está mais para uma versão safada do Mombojó (nada do mimimi filosófico destes), que compartilha com o povo de Recife, a influência dub e da psicodelia e o apuro melódico bossanovista.

A banda ainda está nos primeiros passos da carreira, com uma boa rotatividade nas casas cariocas (abrem a primeira noite do Humaitá Pra Peixe na sexta, 22) e um interessante e pouco ouvido primeiro álbum (“Tono Auge”, lançado em setembro de 2009) debaixo do braço (com o segundo prometido para 2010). Provavelmente, o melhor segredo a ser desvendado do Rio de Janeiro nos últimos tempos. (Livio Vilela)

+ 5 Para Ficar Ligado

Buon Giorno Luamada: dreamy-noisy-pop expansivo, mas gravado no quarto do estudante de cinema  Igor Andrade, que lançou um disco bem interessante no final de 2009.
Caldo de Piaba: a (talvez) resposta acreana ao Do Amor, faz surf music sem vocais, mas com toda ginga do carimbó
– Ex-Exus: donos de um EP instigante, mas essencialmente mal resolvido (“Terroristas Freelancers”), os pernambucanos destroem ao vivo e foram umas das revelações do No Ar Coquetel Molotov 2009.
Fê Paschoal: psicodelia, dub, jazz, afrobeat, forró…tudo cabe no balaio desse capixaba, que, se melhorar nas gravações, pode ser nosso El Guincho.
Milocovik: o quarteto rock nervoso (e trilíngue) da capital paulista foi sucesso nos festivais que se apresentaram ano passado e recentemente foi alvo de elogios do produtor Carlos Eduardo Miranda.

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

16 respostas para 20 Nomes Para Ficar Ligado Em 2010: é do Brasillll!

  1. Ricardo disse:

    Muitas bandas legais de Recife. faltou Voyeur, candeias Rock City.

    Milocovik é bem legal

  2. Opa, fico feliz de estar na lista, porém, aponto apenas a errata, meu nome é Igor Andrade, não Igor Medeiros.

    Grato

  3. – O TONO é bom, me supreendeu. Nem a foto ajuda.

    – Burro Morto e Joseph Tourton são bons também, mas vão ter lidar com as comparações com o Hurtmold. E aí fica dificil…

    – Lê Almeida nem preciso falar, o cara é mestre. Mini Box Lunar também é uma “quase veterana” que eu vejo potencial.

    – Sabonetes me lembra… Moptop! Boa intenção, zero de inspiração.

    – Milocovik é uma bosta, assim como o LAB e os Ex-Exus.

    – Das que eu não conhecia, fiquei feliz com Buon Giorno Luamada e com o Nuda, apesar de algumas restrições em relação a última (a lírica não encaixa, parece). Já o disco do Jr. Black é um desperdício só.

  4. Marcelo Castro disse:

    Marcelo Jeneci é talentosíssimo mesmo. Jr. Black é o atual vocalista do DJ Dolores, e me lembra mais algo como o cara do Parliament. Burro Morto é tudo isso que foi dito e muito mais lisérgico em shows. Ponto para a Joseph Tourton!

  5. Pingback: Move That Jukebox! » A gente não postou, mas você precisa saber

  6. Carla M disse:

    Boas bandas, mas pra mim faltou o Single Parents, que saiu nas 10 apostas da Rock In Press… foi a que mais me chamou atenção das novas bandas nacionais até agora!
    beijos

  7. Pingback: 20 bandas brasileiras para ficar ligado em 2010 | Revista O Grito!

  8. Tostao queiroga disse:

    Se liga nesse nome: Ylana Queiroga. Depois não digs que não avisei!!!

  9. Já que não estamos nesta lista, espero que a Mãos de Brenda esteja nos planos de uma conspiração divina. rsrsrsrs
    Qualquer dúvida… http://www.myspace.com/maosdebrenda

  10. jazzy disse:

    nem mencionaram o Grilowsky?
    q falta!
    ta aí!
    http://www.myspace.com/grilowsky

  11. Pingback: Notícias da semana « Tindico

  12. Carolina Rodrigues disse:

    Faltou Controplonge do Rio de Janeiro!!
    http://www.contraplonge.com.br

  13. haydee disse:

    Pra turma do Bloody Pop prabens pelo trabalho. Produzo ZUIM, um podcast que se renova semanalmente e gosto muito da analise e comentários de vocês, os quais uso para o meu trabalho como referencia. Vocês entram para a lista dos super bem recomendados. Abraço, bom ano, Haydee

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s